Outubro se tornou o mês da prevenção do câncer de mama através de um movimento iniciado nos Estados Unidos e hoje promovido em todo o mundo. Como não poderia deixar de ser, esta postagem é a nossa homenagem ao movimento.

Ao contrário do que muitos possam pensar, os homens também podem sofrer desse mal e aderiram à campanha ao longo dos anos.

A cor rosa há muito tempo descolou do mundo feminino, onde tinha exclusividade, para invadir outras searas e, no imenso universo da decoração, agrada pessoas de todos os gêneros e idades, com uma gama de detalhes interessantes para surpreender e permitir um conceito diferente.

A delicadeza da cor, faz contraste com o rústico da cama de troncos in natura e traz um quê de nostalgia das casas das fazendas do período colonial brasileiro.

Muito harmônica esta composição onde a cor aparece num inusitado dégradé, que vai do rosa choque até um tom bem claro, quase branco, aplicado no painel rústico de madeira ripada, compondo com os móveis e detalhes, também em tons rosa.

Nesta composição, os estilos dos móveis são diversos, no entanto, o rosa antigo aplicado nas paredes harmonizou muito bem o ambiente.

Ousar com o rosa fúcsia é para poucos. O preto e o cinza escuro, no entanto, deram à cozinha um ar sofisticado e moderno. O aço inoxidável dos acessórios como coifas e bancos complementam a ambientação que pode agradar vários gostos.

Rosa contrasta bem com cores profundas, dando-lhes destaque. O tom rose quartz da sala de fundo amplia o ambiente e dá um ar vintage, que combina com a pegada kitsch proposta na decoração.

A decoração de luxo se apropriou da cor rosa, suavizando o estilo vitoriano, geralmente pesado, com as forrações em veludo da banqueta e cama, contrastando com o pátina ouro velho dos móveis.

O tom rosa quartz ficou lindo nesta sala de jantar, destacado com faixas brancas formando painéis nas paredes. Os móveis em madeira clara polida proporcionam conforto visual ao ambiente.

Um simples toque de rosa na parede de fundo torna o closet bem feminino, e não briga com os móveis em tom lilás, sendo atenuada pelo piso e teto claros.

Seja o ambiente masculino ou feminino, sofisticado ou kitsch, a cor rosa pode, perfeitamente, ser usada em elementos de decoração, tenham texturas e materiais diferentes, lisos ou estampados, modernos ou antigos.  

O BE Design e Decor utiliza em seu blog imagens de sua autoria e terceiros, respeitando principalmente os direitos autorais do que é mostrado. Aqueles que identificarem uma foto de sua autoria, entre em contato conosco para adicionarmos os devidos créditos ou realizarmos a exclusão da mesma, se assim desejar. Obrigada!