Existe uma variedade grande de pisos no mercado. Tamanha que, na hora de escolher o que mais agrada aos olhos, e bolso, bate aquela indecisão. Porém, quando houver dúvida, existem vários itens que podem ser levados em consideração para ajudar na escolha do piso como facilidade na colocação, praticidade na limpeza, ou mesmo o visual que se quer dar ao espaço.

O piso de placas cimentícias tem um visual rústico e contemporâneo ao mesmo tempo. Mas tem de ser bem feito para evitar rachaduras. É bonito, apesar de muitos não apreciarem seus efeitos machados.

O cimento queimado fica charmosíssimo como piso de cozinha, e a combinação de seu tom neutro com cerâmicas ou ladrilhos coloridos dão um toque especial ao ambiente.

A madeira maciça é um material nobre e caro, portanto, ter um piso de madeira é um luxo. Mas a boa notícia é que ele fica bem tanto na área social, como na íntima.

Neste lindo projeto de home theater o piso de madeira aquece o ambiente transmitindo uma sensação de conforto.

Uma boa opção de piso para quem não quer gastar muito é o piso de madeira reciclada, e que também pode ser usado com móveis do mesmo tipo. Destaque, ainda, para o design do teto, onde se utiliza também a madeira reciclada numa combinação rústica mais colorida.

A madeira reciclada pode ser usada de várias maneiras, e com esta idéia de fazer uma pintura desgastada em várias cores o ambiente fica super moderno.

O ladrilho hidráulico é um revestimento confeccionado artesanalmente com cimento, que surgiu no final do século XIX como alternativa ao mármore e à cerâmica que vai ao forno. Atualmente é muito utilizado, tanto em piso como em parede.

Resistente, o ladrilho hidráulico reúne beleza e versatilidade, e pode ser combinado com outros tipos de piso. Apesar de sua aparência vintage, traz modernidade ao ambiente. A desvantagem é que, por ser fabricado de forma artesanal e individualmente, é mais caro que os pisos comuns encontrados no mercado.

O piso de vinil pode ser feito com diferentes padrões, imitando texturas ou outros materiais. É uma opção ecologicamente correta, pois alguns são fabricados a partir de materiais reciclados.

O piso vinílico tem uma série de vantagens como ser fácil de colocar, limpar e não transmitir barulho quando se anda sobre ele. E ainda pode ser feito com padrão temático, dependendo do ambiente a ser colocado.

Indicado para ambientes internos, o piso de vinil fica perfeito em quartos infantis por ser macio e térmico, proporcionando conforto.

Fabricado em camadas, o piso laminado é revestido de uma lâmina decorativa, e seu miolo é feito de HDF ou HPP, material obtido das fibras da madeira. Sua base é de PVC reciclável, apesar de sua aparência de madeira. É bonito é prático, pois possui instalação rápida, por encaixe.

O piso laminado é mais resistente a riscos do que o de madeira natural, e é fabricado a partir de madeira de reflorestamento. Seu design é bonito, imitando a madeira natural nos tons e ranhuras.

O BE Design e Decor utiliza em seu blog imagens de sua autoria e terceiros, respeitando principalmente os direitos autorais do que é mostrado. Aqueles que identificarem uma foto de sua autoria, entre em contato conosco para adicionarmos os devidos créditos ou realizarmos a exclusão da mesma, se assim desejar. Obrigada!